Por muitas vezes são por esforços dos cirurgiões pediátricos que muitas crianças recebem de volta a esperança de vida.

E para que você conheça melhor essa parte da medicina veja a seguir algumas perguntas comuns que se pode fazer no momento de um diagnóstico cirúrgico pediátrico.

O que faz o cirurgião pediátrico?

Todo mundo sabe que cirurgião pediátrico é o cirurgião das crianças…mas existem vários tipos de cirurgiões pediátricos: aqueles que são cirurgiões pediátricos gerais e os cirurgiões pediátricos especialistas.

Tecnicamente o cirurgião pediátrico especialista é aquele que viveu pelo menos 2 anos de treinamento em cirurgia geral e mais uma residência médica específica em cirurgia pediátrica urológica, cirurgia pediátrica oncológica, cirurgia de transplante pediátrico, cirurgia pediátrica vídeo assistida ou cirurgia pediátrica fetal.

Essas são pelo menos as proposituras do MEC em consonância com o pensamento da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica.

Cirurgião pediátrico ou cirurgião pediátrico geral?

Isso dependerá do problema que o você esteja enfrentando. Existem enfermidades que exigirão a presença de um especialista mas também existem situações mais comuns que podem ser tratadas por um cirurgião pediátrico geral. 

Geralmente quem deve decidir essa questão é o seu médico pediatra.

Cirurgião de adulto pode tratar de crianças?

O cirurgião geral de adultos pode tratar de crianças embora a maioria dos cirurgiões adultos não tratem delas. Mas em estruturas hospitalares comuns ou em muitas regiões do Brasil pode haver um cirurgião geral que trate de problemas cirúrgicos menores que podem ocorrer em crianças.

Mas é claro, todo o êxito de um tratamento de saude, seja qual for, depende da reunião de circunstâncias portanto se o médico que atendeu seu filho e diagnosticou algo que precisa ser tratado por um cirurgião pediátrico geral ou especialista, pesquise e tente encontrar esse tipo de atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.